Saiba porque é tão importante melhorar a posição no Google

  • 24 de Fevereiro, 2020
  • SEO

Segundo o portal de dados Statista, 90% das pesquisas desktop são realizadas no Google.

Aparentemente um bom número, não concorda? Contudo, de nada vale se ninguém conseguir encontrar o seu negócio no Google ou em qualquer outro motor de busca.

Na verdade, é o que se passa com muitas empresas em Portugal. Atualmente, e apesar de existirem mais e melhores ferramentas estão longe de explorar todo o potencial do seu negócio e a sua posição no Google.

O que me leva mesmo a questionar, será que essas empresas estão preparadas para melhorar a posição no Google e deixarem de ser invisíveis? Ou será que já o fazem, mas não estão a ter os resultados pretendidos?

Conheça agora alguns pontos de partida para mudar este paradigma!

Como melhorar posições no Google com SEO

Google: a morada primordial da sua empresa

“Your brand isn’t what you say it is, it’s what Google says it is.” Chris Anderson, former editor of Wired

Um statement que considero bastante forte e que tudo tem a ver com esta temática. A importância de melhorar a posição no Google é incalculável face aos resultados que pode alcançar, e mais, tem 5 razões pelo qual o deve fazer. São elas:

1 – Oportunidades para expandir e cimentar o seu negócio

Face ao facto do Google mostrar 10 resultados na primeira página quando alguém pesquisa termos específicos, se tiver um site rápido, com um forte mapa de backlinks, baixa taxa de rejeição, entre fatores, maior é a probabilidade de aparecer neste top 10.

2 – Melhor posicionamento, mais tráfego

Se o seu site permanecer nas primeiras posições, isso significa mais autenticidade e confiança, elementos óbvios para mais leads e tráfego.

3 – Confiança e Credibilidade

Os dados mostram que os utilizadores consideram que os primeiros sites no topo das pesquisas são as melhores daquele setor. Logo, se o conseguir, esta variável psicológica já lhe está a dar vantagem perante os restantes concorrentes.

4- Autoridade

Para dar à sua marca uma imagem respeitável entre clientes e os concorrentes, tem de sentir a pressão para a colocar entre os dez primeiros resultados da pesquisa. Por outras palavras, tem de subir o nível.

5 – Reduzir custos

As melhores posições nos resultados de pesquisa podem reduzir os seus custos de publicidade com eficiência. Para além de que, reduzindo custos através de leads orgânicas, vai fazer também com que reduza custos ao nível do Paid Media (Google Ads, Social Medias Ads, etc)

Com efeito, conseguir com que o Google ou outros motores de busca posicionem e indexem as páginas do seu site é complicado e leva o seu tempo. Felizmente, e graças ao Marketing Digital, pode ajudar o Google a acelerar o processo.

Para isso, basta orientar as suas táticas e estratégias digitais em volta de um fluxo de trabalho sólido e focado na estruturação de uma base de sustentabilidade para todos os seus objetivos.

Por exemplo, e consoante a área de negócio, tem de olhar para a sua marca e questionar, quais destas áreas devo focar-me para melhorar a posição no Google?

A clássica resposta seria a Otimização SEO (E está certa!). Mas, o que tem mesmo de fazer é tentar perceber qual destas áreas do digital pode ser um caminho para um melhor posicionamento. Escolhido o caminho, vai começar a perceber que todas as áreas estão dependentes umas das outras.

Quando der por si, vai estar a acompanhar o posicionamento do seu site através das métricas de análise e performance (visitas, taxa de rejeição, utilizadores, número médio de páginas, canais de tráfego, etc) para saber o que está ou não a funcionar nos seus canais digitais.

Perguntar os “porquês” ao Google também faz crescer!

Durante todo o processo para melhorar a posição no Google, deve fazer as questões certas à sua estratégia:

  • Quantos leads orgânicos converteram através de visitas nos últimos 30 dias?
  • Quantos utilizadores acederam ao site a partir de pesquisas orgânicas nos últimos 30 dias?
  • Sabe quais foram os números do mês anterior?
  • O meu site é rápido o suficiente?
  • As páginas de destino estão otimizadas e respondem às necessidades procuradas?
  • Tenho um forte mapa de Backlinks e Link Building?
  • O conteúdo está otimizado para baixar a minha taxa de rejeição?
  • Estou a crescer no Google com as minhas alterações?

A partir das respostas que obtiver, tem todo um processo de trabalho para corrigir qualquer detalhe que lhe esteja a escapar. Se não estiver a acompanhar estas mesmas métricas, não está a melhorar e todo o seu trabalho será 10x maior para recuperar o que está a perder.

Vejamos agora 3 exemplos de como impulsionar o seu posicionamento.

A) Content Marketing

Quando falamos em Content Marketing, como é que este o pode ajudar a melhorar a posição no Google?

É simples. Com conteúdo original, escrito com keywords e perguntas relevantes para os utilizadores, automaticamente vão melhorar os seus resultados de pesquisa.

No fundo, tem de balançar quantidade e qualidade. Não escreva só porque sim, e digo isto porque o Google é bastante severo para quem faz conteúdo “oco”.

B) Otimização de Arquitetura de Site

Sabia que se alterar as nomenclaturas dos URL’s, pode impactar os resultados de pesquisa rapidamente?

Por exemplo, experimente colocar uma pergunta no URL de uma página de serviços. O Google vai ter isso em conta e irá considerar que é uma informação ainda mais valiosa porque a página responde a um determinado assunto.

C) Estratégia de Conversão

Com as constantes alterações nos algoritmos Google, é necessário perceber se isso se reflete nas conversões das suas páginas.

Quando um utilizador encontra uma das suas ligações, é necessário garantir que esse mesmo utilizador converta nessa página de destino.

Se o fizer, significa que o visitante encontrou o que estava à procura, o seu negócio vai crescendo e melhora a posição no Google.

Por outras palavras, se uma das suas páginas de destino tiver muitas conversões em comparação com outras dentro da mesma área de negócio, significa que tem mais valor para os utilizadores, logo vai aparecer com mais frequência nos primeiros lugares de pesquisa.

Dizer que, referi estes 3 exemplos porque tocam em áreas bastante importantes para a estratégia digital: Conteúdo, Estrutura Otimizada e Conversão.

No entanto, para melhorar a posição no Google, não basta identificar possíveis soluções. Temos de ter a força suficiente para mudar a mentalidade digital da nossa marca. E porquê? Porque num ambiente digital tão competitivo temos de nos saber destacar pelas nossas valências e características únicas.

Há uma máxima que me acompanha desde sempre que se aplica neste caso: apesar de estarmos dependentes de máquinas ao nível do posicionamento digital, são as pessoas que nos fazem correr atrás de mais e melhores resultados.

Agora que sabe os pontos a trabalhar, vá atrás dos seus resultados!

António Castro
Consultor de Marketing Digital
Google Ads, SEO, Inbound Marketing
Google Partner

    Quer aumentar as vendas na sua empresa, colocar a sua empresa nos rankings do Google e gerar leads com regularidade?